Round 6 é pecado? Qual a mensagem oculta da série da Netflix?

Round 6 é pecado? Qual a mensagem oculta da série da Netflix?
66 visualizações
Tempo de leitura: 12 minutos

Tá todo mundo assistindo e falando da nova série da Netflix. Mas tem muita gente também dizendo que assistir Round 6 é pecado? Será mesmo?

Round 6 bateu o recorde de audiência na Netflix alcançando o 1ª lugar em 83 países.

E não foi só isso gente, a série se tornou um dos assuntos mais falados nas redes sociais.

Além disso Squid Game ou Jogo da Lula, como é chamado na Coréia do Sul, virou tema de vários canais religiosos com várias teorias da conspiração, mensagens ocultas e por aí vai.

E no vídeo de hoje, eu vou trazer pra vocês algumas informações a respeito da série, se realmente existem essas mensagens ocultas, quais as referências verdadeiras à nossa realidade e qual a verdadeira mensagem que a série transmite!

Ahá, que bom ver vocês aqui de novo! Anderson di Aguiar mais uma vez pra falar de Round 6.

Mas Anderson o que Round 6 tem a ver com seu canal?

Bem, esta resposta eu vou dar no decorrer desse vídeo!

Então, não sai daí porque o tema de hoje promete. Ok?

Então vamos direto ao ponto!

Eu já vou começar criando polêmica aqui tá? E é claro sem desmerecer ninguém, mesmo porque não é este o meu objetivo aqui no canal!

Mas, existem situações como esta por exemplo, em que eu sou obrigado a me pronunciar e trazer – é claro – a minha contribuição para vocês que me acompanham todos os dias.

E é um público grande viu pessoal, são mais de 3 mil pessoas! Uhull!

É muita gente me assistindo nos últimos meses entre inscritos e não inscritos e eu só tenho a agradecer! Todos vocês são especiais!

Tem que assistir Round 6 pra opinar

Agora, a respeito de Round 6, eu tenho certeza que nem todos que estão falando sobre o assunto já assistiram esta série.

Eu falo isso porque eu assisti alguns vídeos de alguns canais, que fizeram vários alertas contra a série, mas revelaram que não a assistiram!

O que eu acho um erro na minha humilde opinião, é claro!

Porque, pensa comigo: pra alguém dar opinião sobre algo, é preciso saber do que se trata.

Se alguém quer falar de uma comida por exemplo, ela precisa comer pra saber como está o sabor. É a lógica certo?

Então, nada mais justo do que a pessoa assistir e então dar a sua opinião.

É claro que ninguém é obrigado a gostar ou aprovar a série, mas é importante saber do que se trata, pra não dar uma opinião em cima do que os outros estão falando.

Agora, quem me conhece e me acompanha no meu Instagram ou no meu Facebook, sabe que eu gosto muito da cultura pop e assisto vários filmes, séries e até mesmo desenhos.

E já vou falando que eu fiz uma maratona de 3 dias com minha esposa! E digo mais: é uma das melhores séries que eu já assisti, e por incrível que pareça, a minha esposa também gostou!

Mas Anderson, Round 6 é pecado, não é pecado assistir essas coisas? Calma, vamos por partes! Eu chego lá! Prometo que este vídeo não vai ficar muito grande!

Resumo de Round 6

A primeira temporada de Round 6 conta a história de 456 pessoas falidas que recebem um convite misterioso para participarem de um jogo inspirado em brincadeiras infantis sul coreanas.

O prêmio de 45,6 bilhões de wones ou um pouco mais de 200 milhões de reais, é daquele que vencer todas as fases desse jogo.

Mas o que nenhum deles sabe, é como será a eliminação daqueles que perderem!

Pois bem, depois desse curto resumo dá pra gente compreender então, o que vamos abordar no vídeo de hoje.

Um dos fatores que mais influenciaram no sucesso da série, foi a crítica feita ao sistema capitalista predominante na maior parte do planeta!

Então, acredito que todos nós ou quase todos nós, podemos concordar com este ponto de vista, ok?

Significados dos Símbolos

Vamos começar com os 3 símbolos que aparecem na série desde o primeiro episódio e seus significados.

A gente percebe que o círculo, o triângulo e o quadrado estão presentes nos cartões de convite para o jogo, nas máscaras dos trabalhadores e também nos cenários infantis.

Muita gente acredita que estes símbolos fazem referência ao controle do Playstation, como se os participantes do jogo fossem manipulados por jogadores externos. Mas apesar de até fazer sentido, esta comparação não é verdadeira.

Mesmo porque, existem dois significados para esses símbolos.

1. Alfabeto Coreano

O primeiro deles está relacionado ao alfabeto coreano: o círculo representa a letra O, o triângulo a letra e o quadrado a letra M.

Juntas, essas letras formam OJM, que são as iniciais do nome do jogo e da série em coreano: Ojingeo Geim. Acho que é assim que se pronuncia!

2. Hierarquia na Ognaização

O segundo significado está relacionado com as hierarquias dos funcionários da organização. Ou seja, cada símbolo se refere a uma determinada função dentro da equipe.

Os mascarados com o círculo são os que realizam os trabalhos braçais, como a limpeza e o descarte dos corpos.

Já os que têm triângulos na máscara são protetores, executores e estão sempre armados.

E os que têm quadrados supervisionam os outros trabalhadores e os jogadores.

Portanto, dizer que a série tem uma mensagem oculta sobre o reino espiritual dos anjos e demônios é no mínimo fantasioso.

Ou seja, alguns religiosos têm essa mania de espiritualizar e demonizar tudo né?

Mas se a gente usar a razão e o pensamento crítico, vamos chegar à conclusão de que essa especulação não passa de uma mera fantasia.

No entanto, se a gente quiser fazer um paralelo comparando o reino espiritual com a série, eu até acho válido. E é legal isso aí!

Mas dizer que existem mensagens ocultas ou subliminares em Round 6 não acho coerente, esse tipo de especulação está mais para teorias da conspiração. Pronto, falei!

Perfil dos personagens de Squid Game

Mas não é esse tipo de comparação que eu quero fazer hoje. Eu quero destacar apenas uma das diversas características dos personagens como seres humanos corrompidos pelo pecado.

E isso, ao meu ver, é o mais correto a se fazer, pois assim podemos compreender a real mensagem transmitida pela série da Netflix.

É bem verdade que a série tem os dois lados da moeda: os controladores do jogo e os jogadores. De um lado os milionários e do outro os falidos.

No entanto, levando em consideração o perfil dos personagens, não podemos jogar a culpa apenas num dos lados.

Mesmo porquê, a série traz um enredo diferente do que estamos acostumados em filmes como Jogos Mortais e Jogos Vorazes, por exemplo.

Ou seja, existe no jogo aquele famoso “jeitinho” pra tentar aliviar a consciência – vamos dizer assim – do organizador e dos milionários VIPS que apostavam alto nos jogadores.

Mesmo porque os 456 participantes escolheram estar ali. Eles não foram sequestrados ou forçados. Eles tiveram um tempo para pensarem na proposta.

Além disso, as 3 regras do jogo até que eram simples, justas e iguais pra todos. Não tinha nada de complicado!

E apesar de todos se assustarem com a morte violenta dos participantes logo na primeira brincadeira da Batatinha Frita 123, eles escolhem em algum momento da série, continuar no jogo mesmo correndo o risco de morrerem!

Ninguém é inocente!

Logo, todas as características negativas do ser humano se encontravam nos dois lados da moeda. Se por um lado a gente viu uma elite poderosa, manipuladora e opressora, por outro lado vimos pessoas pobres e falidas.

Mas não era só isso, essas pessoas se mostraram gananciosas, egoístas e amantes do dinheiro. E é sobre isso que eu vou falar daqui a pouco!

O diretor foi inteligente ao mostrar um pouco de cada classe da sociedade sul coreana, ou seja, pessoas que por vários motivos se encontravam super endividadas, mergulhadas na miséria e com diversos problemas.

Então, não se trata apenas de criticar o capitalismo, o consumismo e a desigualdade sócio econômica. Olha só gente, essas críticas são válidas e eu não estou ignorando esses fatos.

Causas de uma sociedade corrompida

Mas o que faz tudo isso acontecer? Onde mora o problema de fato? Qual a causa de tudo isso?

Eu vou destacar neste vídeo apenas um dos vários comportamentos dos personagens da série, que faz os homens serem cruéis e inescrupulosos. Vamos lá!

Amor ao dinheiro

Paulo escreve em sua primeira carta a Timóteo no capítulo 6, a partir do versículo 7 até o 10, a respeito do desejo descontrolado de ficar rico a qualquer custo. Diz assim:

Porque nada trouxemos para este mundo, e é evidente que nada levaremos dele.

Por isso, estejamos satisfeitos se tivermos alimento e roupa para nos vestirmos

Mas aqueles que querem a todo o custo enriquecer, sujeitam-se às armadilhas do pecado e às solicitações para o mal; tornam-se vítimas de paixões tão loucas como prejudiciais, e que sempre precipitam as pessoas na ruína e na perdição.

O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e por causa disso já muitos se desviaram do caminho da fé, criando assim nas suas vidas muitas aflições e sofrimentos.

É verdade que existe aqui um contexto onde Paulo aconselha Timóteo a não seguir o mesmo caminho dos mercenários da fé que já existiam naquela época.

Mas o conselho que ele dá, serve para nós e cai como uma luva. E que fique bem claro que nem Paulo e nem eu, estamos pregando contra a prosperidade. Pelo contrário, a Bíblia nos ensina que assim como 2+2 é 4 a prosperidade também é um dom de Deus!

E o mais importante é saber o que Jesus disse a respeito do amor ao dinheiro em Mateus 6:24:

Não se pode servir dois patrões: Deus e o dinheiro. Porque ao se desprezar um, acaba por se preferir o outro.

Palavra forte né?

Mas analisando o perfil de todos os jogadores, sem exceção, percebemos como os princípios morais e éticos são deixados de lado a cada etapa do jogo.

Ainda que sendo manipulados e oprimidos, eles escolhem voltar ao jogo, mesmo sabendo que em algum momento eles deverão escolher entre a vida e a morte. Ou seja, pra ficar vivo alguém terá que morrer!

A verdade, é que a gente até se envolve com o roteiro, torcendo inclusive para que o ator principal vença o jogo, mesmo sabendo que os outros vão morrer!

Mas, deixando a diversão de lado por um momento, precisamos também tirar alguma lição desta série.

Como resolver?

Nós não podemos deixar o sistema nos comprar, ou seja, não podemos desejar ganhar muita grana a qualquer custo, pois isso pode nos custar a dignidade e até mesmo a vida! E é isso que o sistema quer, essa é a ideia do jogo, a tal selva de pedra, onde vence o mais forte.

Também não podemos aceitar a premissa da série de que todos são iguais, a ponto de fazerem de tudo para vencerem o jogo.

O apóstolo Paulo nos alerta então, para que a gente coloque a nossa confiança em Deus e não no sistema, pois o sistema está contaminado.

Então o segredo está em não aceitar jogar o jogo!

Por mais que a gente tenha errado, pecado, tomado as decisões erradas, precisamos ter a esperança de que tudo pode se resolver! Pois existe o jeito certo de vencer!

E o jeito certo é não jogar o jogo, precisamos fazer as coisas respeitando o próximo, respeitando a ética e a dignidade das pessoas!

Confiar também, que Deus abençoa e prospera quem segue este caminho.

Veja só o que Paulo nos ensina no mesmo capítulo, dos versículos 17 ao 19:

Diz aos ricos deste mundo que não sejam altivos, que não ponham a sua esperança nas riquezas, que são coisas instáveis, mas que ponham a sua confiança no Deus vivo, que nos dá generosamente tudo, para a nossa satisfação.

Que pratiquem antes o bem, que enriqueçam, mas em obras de justiça, que aceitem de boa vontade repartir com os necessitados os ganhos de que beneficiam; que sejam generosos.

Ao fazer isto, eles estarão a armazenar o seu tesouro como uma boa garantia para o futuro a fim de poderem alcançar a vida real.

Observe que Paulo faz uma menção positiva aos ricos, os abençoa e aconselha para que eles sejam generosos com os pobres.

Mesmo porque, ele afirma no versículo que 6 que a verdadeira religião traz satisfação e é uma grande riqueza.

E qual é então a verdadeira religião?

Tiago 1:27 nos ensina assim:

Mas a verdadeira religião, aos olhos de Deus, pura e sem falhas, consiste em amparar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações. Consiste também em não se deixar influenciar pela corrupção do mundo.

Então chegamos à conclusão que para fazer o contrário dos jogadores de Round 6, precisamos seguir essas orientações de Paulo e Tiago.

Percebem que participar do jogo é só uma desculpa para justificar os fins? Round 6 é completamente pragmática nos dois lados da moeda! Afinal de contas, a premissa de que os fins justificam os meios está presente em todos personagens, sem exceção.

Embora exista uma tentativa do protagonista de se redimir, fica claro que isso não acontece mesmo depois dele vencer e ficar bilionário!

Quem vence: o bem ou o mal?

Eu digo que não foi uma série onde o bem venceu o mal, mas sim o sortudo que venceu dentro do mal. Ele tinha tudo para se redimir ao realizar aquilo que ele tinha planejado antes e durante o jogo: ganhar o prêmio e dar uma vida melhor para a filha.

Embora tenha ficado um gancho pra uma segunda temporada, fica evidente que ele escolhe sacrificar este momento de se redimir com a filha, pra tentar acabar com aquele jogo nesta possível continuação. Mas fica aqui algumas perguntas: o que ele está disposto a fazer para jogar novamente o jogo? Vale a pena correr o risco? Os fins realmente justificam os meios?

O que vocês fariam se estivessem no lugar dele? Comentem aí!

Eu fiz um vídeo sobre os 4 pecados que Deus odeia e gostaria que vocês me dissessem quais destes pecados você encontrou em Round 6 além do amor ao dinheiro!

O link está na descrição pra você assistir assim que terminar este vídeo. Vai lá, assiste e depois volta aqui pra me responder, combinado?

Mas afinal, é assistir Round 6 é pecado ou não?

E não, não é pecado assistir Round 6 e nem Netflix. Pecado é falar mal da vida alheia, certo? Viva com liberdade, mas faça tudo com moderação!

Viu só como Round 6 tem tudo a ver com o canal? Legal né pessoal?

Conclusão, tem mensagens ocultas ou não?

No fim a gente chega à conclusão que não existem mensagens ocultas na série, mas sim mensagens visíveis e reais que refletem a nossa sociedade como um todo!

Mas não é só disso que eu falo aqui no canal, eu já fiz muitos vídeos aqui ensinando e explicando vários temas da Bíblia Sagrada.

E vocês sabem que aqui eu ensino a Bíblia de um jeito diferente e sem frescura né?

E se você deseja estudar a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, eu deixei um link do curso aqui na descrição pra você se aprofundar mais ainda neste livro sagrado.

Corre lá, pois tem um preço bacana e acessível, assim você aprende e ajuda no crescimento deste canal. Blza?

E o vídeo de hoje, ficou top? Abençoou a sua vida? O que você achou? Diga aí nos comentários, deixa o seu like, se inscreva aí no canal e ativa o sino pra não perder o próximo assunto, tá? Gente, obrigado de coração!

Eu fico por aqui, não esqueça de Deus pois Ele não esquece de você, receba o meu forte abraço e até o próximo vídeo. Tchau, tchau!

Este post merece um ponto positivo?


Você vai curtir este vídeo


Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.